MEMORIAL GAMENSE

"Preservando a historia do futebol gamense"

Estamos pesquisando, mas confira alguns números:

                              1980

                          Rompendo barreiras

 
 Fantato superou todos os números ultrapassando a barreira dos 20 gols no campeonato local.
  Artilheiro do mundo com 44 gols ficando à frente de Van Den Berg (Liege - Bélgica) com 39 gols, Fazekas (Upjest - Hungria) com 36 e Schacner (Austria) com 30. Marca que não oficializada, pois o clube não registrou todas as súmulas.

3º maior artilheiro do Brasil em campeonatos estaduais 1980 com 23 gols,perdendo apenas para Baltazar (Grêmio/RS) com 28 e Cabecinha (Sampaio Correia/MA) com 24 gols.

Artilheiro do Campeonato Brasiliene de 1980 com 23 gols.

Premiado pela Caixa Econômica Federal por ter feito o gol mais rápido do Concurso 498 da Loteria Esportiva, aos 2 minutos no jogo contra o Guará, dia 08/06/80.

Confira dois de seus gols aqui.

 

 

Kidão sempre foi conhecido por ser o xerife da zaga, não fez muitos gols, mas acabou se destacando na final do Campeonato Brasiliense de 1980 contra o Brasília. 

Premiado pela Caixa Econômica Federal por ter feito o último gol do Concurso 520 da Loteria Esportiva, aos 46 minutos do segundo tempo, no jogo contra o Brasília (1 a 1).

 

 

 

                              1981

                           A despedida de um ídolo

 

 Em seu último ano no time, ele não poderia de deixar sua marca:

  Artilheiro do Torneio Centro-Oeste de 1981 com 7 gols.

 

Lino conquistou a vaga que era de Roldão e com a saída de Fantato deveria ser o artilheiro disparado da temporada gamense, mas acabou se transferindo para o Matsubara/PR. 

Autor do gol que deu o título do Torneio Rádio Planalto em 1981, na vitória de 1 a 0 sobre o Brasília.

contador